Ciência e Saúde para todos.
Colha aqui a Cura Cristã!
O símbolo da Ciência Cristã
Home-Page
Ficha de Intenção - CURSO BÁSICO DE CIÊNCIA CRISTÃ
Lista de Praticistas
Contato
Links
Segunda-Feira, 25 de Março de 2019
Português Brasil
Inglês
Espanhol
 
 
 Mensagem Semanal
"Tudo o que inspira com a sabedoria, a Verdade ou o Amor -- seja um cântico, um sermão ou a Ciência [Cristã] -- abençoa a família humana com migalhas de conforto que caem da mesa de Cristo, alimentando os famintos e dando água viva aos sedentos."
"O que foi prometido será cumprido"
(Do livro Ciência e Saúde p 234 e 55)

Clique AQUI para ver o Arquivo de Mensagens.

 
Login
Senha
Associação
Privativo Alunos
ARTIGOS PUBLICADOS
A- A+
Encontrar Deus, encontrar o homem! Coordenados com precisão para sempre! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: O Homem.

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA
Encontrar Deus, encontrar o homem! Coordenados com precisão para sempre!
4 a 10 de março de 2019
O Homem
Estudo preparado por:
Rick Stewart CS, Wormser Str 30Dresden, Germany 01309
rickstewartcs@aol.com

__________________________________________________
Abreviações: Bíblia JFA Revista e Atualizada – B; Bíblia na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
Bíblia A Mensagem - MSG; Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS ou C&S; Lição Bíblica – LB
__________________________________________________

Texto Áureo (Oséias 1:10) “Vós sois filhos do Deus vivo.”
Há muitos anos minha professora de Ciência Cristã, Virginia T Guffin, CSB, contou uma historinha cômica sobre a Escola Dominical. Parece que uma professora tinha uma pergunta para calar seu aluninho. Perguntou: “Se você estivesse em Marte, por acaso Deus estaria lá?”
Sem a mínima hesitação o aluno respondeu: “Sim”. “Bem, como você sabe com tanta certeza?” Ele respondeu simplesmente: “A senhora disse: se eu estivesse em Marte. Eu sei que onde quer que eu esteja, Deus está. Assim, se eu estivesse em Marte, sei que Deus estaria lá.” Que forte compreensão da unidade de Deus com o homem, aquele aluno tinha.
Quanto a mim, a Lição Bíblica desta semana faz algo similar. Ela estabelece uma clara compreensão da relação de Deus com o homem. Esta lição identifica claramente que o homem é o filho de Deus, uma ideia de Deus, o reflexo de Deus. E a Lição também claramente separa o conceito mortal de homem do conceito imortal espiritual do homem.
Ontem, meus filhos Noah e Johann e eu, completamos uma viagem que incluiu paradas na Alemanha, Suécia, Rússia, Singapura, Austrália e Nova Zelândia. Agora Johann e eu estamos em casa, e Noah na Cidade do Cabo, África do Sul. Em todas as paradas vimos uma verdadeira tapeçaria de humanidade. Como o salmista cantou: “Para onde fugirei da Tua face”; vimos uma evidência contínua do Amor infinito de Deus, e de todos Seus filhos refletindo uma lista infinita de Amor e beleza.
Vimos que o tempo, circunstâncias e condições variadas nunca poderiam limitar nem um mínimo da infinita criação de Deus. Como diz a Leitura Alternada (Isa 42:8; 43:4, 6, 7, 10, 21; 49:15, 16): “... Trazei meus filhos de longe e minhas filhas, das extremidades da terra, a todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para minha glória, e que formei, e fiz. Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, o meu servo a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que sou eu mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá... povo que formei para mim, para celebrar o meu louvor.”


Seção 1: “Não temos nós todos o mesmo Pai? Não nos criou o mesmo Deus?
O reconhecimento de uma origem, um criador, um Pai, inevitavelmente é acompanhado de um senso de fraternidade. Tal como Jesus instruiu em Mateus (23:9): “A ninguém sobre a terra chameis vosso pai; porque só um é vosso pai, aquele que está nos céus.” E não foi ele que nos ensinou a orar: “Pai Nosso que estás nos céus”?
As seguintes citações de Ciência e Saúde nesta seção explicam algo mais:
CS1 (p. 515): “Homem é o nome de família para todas as ideias—os filhos e as filhas de Deus. Tudo que Deus dá se move de acordo com Ele, refletindo o bem e o poder.”
CS2 (p. 305): “O homem, à semelhança de seu Criador, reflete o invisível Deus, a luz central do existir. Assim como não há corporalidade na forma refletida no espelho, a qual é somente um reflexo, assim o homem, como tudo o que é real, reflete a Deus, seu Princípio divino, mas não em um corpo material.”
Enquanto estávamos em Wellington, N. Zelândia, uma mãe nos contou um exemplo forte desse senso de fraternidade, que acabou por resgatar seu filho. Este e alguns colaboradores foram raptados de seu local de trabalho na Nova Guiné. Isso já havia ocorrido antes, e os resultados foram terríveis. Seu filho negociara com os raptores para o que levassem e deixassem os demais livres. Assim fizeram. Enquanto caminhavam, seu filho que havia frequentado a ED da Ciência Cristã, orava, mas era visível a intensão dos raptores de decapitá-lo, como já haviam feito com outros reféns. Segundo relatou a mãe, isso era o usual. A certa altura os raptores notaram no jovem uma tatuagem, típica de Neo Zelandeses de origem maori. O jovem foi liberado. Foi, de fato, uma bela experiência estabelecendo um claro senso de nossa fraternidade universal que rompe crenças mortais.
Um Pai e Seus filhos! Uma verdade salvadora!


Seção 2: A identidade espiritual do homem, ideia da Mente, homem e mulher
O profeta Isaías nos encorajou a afastar-nos “do homem cujo fôlego está no seu nariz. Pois em que é estimado?” (B6, Isa. 2:5, 22).
E Paulo escreveu aos cristãos em Corinto: “Nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos desse modo. E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura, as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (B7, 2 Cor. 5:16, 17).
Esta seção não só explora a natureza espiritual do homem criado por Deus, mas também claramente remove o senso de gênero da ideia e criação de Deus.
CS7 (p. 508): “O Gênero é mental, não material.
“Gênero significa simplesmente espécie ou classe, e não se refere necessariamente à natureza masculina ou feminina.
“A ideia inteligente individual, seja macho ou fêmea, elevando-se do menor ao maior, é um desdobramento da infinidade do Amor.”
CS8 (p. 57): “A união de qualidades masculinas e femininas constitui o homem completo. A mente masculina alcança um tom mais elevado por meio de certos elementos da feminina, enquanto a mente feminina ganha mais coragem e força por meio de qualidades masculinas. Esses elementos diferentes se unem com naturalidade uns aos outros, e sua verdadeira harmonia está no fato de que espiritualmente são um.”
Está na hora de remover-se todos os limites quanto a habilidades masculinas e femininas. Quando estivermos dispostos a saber e reivindicar que Deus é a origem de nossa existência, nosso Pai, nossa própria Mente, teremos oportunidade de ver nossas habilidades como nunca limitadas por qualquer medida mortal, seja raça, gênero ou educação. Somos, de fato, filhos da Mente que governa o universo; refletindo capacidades e habilidades infinitas.
Logo que terminou seu estudo na Universidade de Iowa, minha mãe mudou-se para a Flórida, por conta própria. Chegou o prazo final de sua ausência, e ainda não havia encontrado emprego, o que significava que teria de voltar. Mas ela havia orado continuamente. No último dia, recebeu uma oferta para substituir o relator na Corte de Lakeland, Florida. Ela concordou de assumir o encargo se tivesse uma hora para preparar-se. Foi-lhe concedido. Ela foi diretamente para a Sala de Leitura da Ciência Cristã e estudou e orou por uma hora. Foi então diretamente para o tribunal. Ela não praticara taquigrafia há anos, o que significava uma certa falta de prática, mas após seu estudo na Sala de Leitura ela estava em condições de anotar o testemunho. Na realidade, fora determinado que tomasse o testemunho sem qualquer erro. O juiz ficou tão impressionado que ofereceu à minha mãe a oportunidade de ler e estudar lei com ele. Naquele tempo, era o jeito de alguém tornar-se advogado.


Seção 3: Sensualidade versus espiritualidade; fiquem atentos.
É um verdadeiro deleite ler no livro dos Salmos as maravilhosas inspirações e encorajamento de Davi. De jovem pastor, até guerreiro e finalmente rei, Davi tem muito a compartilhar conosco. Mas não devemos esquecer que Davi também tem a ensinar-nos a respeito de desvio de conduta, de pecar e esquecer-se em meio a tentações de sensualidade.
Lemos nesta seção seus desejos para com Bate-Seba, seu adultério, e a terrível decisão de enviar seu marido Urias para a guerra para ser morto. Suas ações poderiam ser comparadas a uma telenovela dos dias de hoje. Mas Davi deu ouvidos a Natã, o profeta que desvendou sua falha.
B13, (II Samuel 12:1, 9, 13): “E Deus enviou Natã a Davi... Por que, pois, desprezaste as palavras do Senhor, fazendo que é mal perante Ele?”
Não foi essa experiência algo similar ao que é visto revelado recentemente? Quando um indivíduo abusa de sua posição de poder para tirar vantagem de inocentes, não é diferente do rei abusando de seu poder. O Salmo 51 mostra como Davi reconheceu o mal em seus atos, e se arrependeu. Ele até reconheceu a fonte de sua redenção.
B14 (Salmos 51:2, 3, 10): “Lava-me completamente da minha iniquidade e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim
Nós podemos ficar alertas e proteger nossa experiência com essa prontidão. Lembro-me de minha mãe relatando uma experiência durante a Segunda Guerra Mundial. Como muitos homens foram para a guerra, muitas mulheres assumiam tarefas de homens. Por exemplo minha tia Dolores trabalhava como engenheira no setor de provas da General Motors, por causa de seu conhecimento de matemática, e de seu treinamento. Minha mãe trabalhava na construção de tanques. Ela me contou uma experiência dessa época. A maioria de suas colegas eram mulheres; mas havia um homem que não estava qualificado para o serviço militar, por motivos de saúde. Um dia uma colega contou a minha mãe que o homem estava muito interessado nela. E essa colega acrescentou: “Ele nunca foi infiel à sua esposa”. Ao que minha mãe respondeu: “Bem, ele certamente não vai querer começar comigo. Não me interessa!” Essa resposta imediata encerrou todas considerações e possibilidades. A porta estava fechada.
Mary Baker Eddy escreve na citação CS14 (p. 56): “O mandamento: “Não adulterarás”, não é menos imperativo que este: “Não matarás.” ... “A castidade é o cimento da civilização e do progresso. Sem ela não há estabilidade na sociedade, e sem ela não se pode alcançar a Ciência da Vida.” Com mais de 40 anos no ministério público da cura pela Ciência Cristã, minha mãe com certeza “alcançou a Ciência da Vida”.


Seção 4: Nossa natureza da forma como Jesus via nos leva à liberdade física.

Quando Jesus foi tocado por uma mulher que sofria por 12 anos com uma doença, ele imediatamente sentiu o chamado mental. E não importava que estivesse cercado por uma multidão, ele sentiu o pedido mental de ajuda. E a mulher foi imediatamente curada.
Jesus comentou: “Minha filha, você sarou porque teve fé. Vá em paz; você está livre do teu sofrimento” (B18, Marcos 5:34-NTLH).
Mary Baker Eddy comenta em Ciência e Saúde:
CS19 (p. 86) “Jesus certa vez perguntou: ´Quem me tocou?´ Os discípulos, supondo que apenas o contato físico dera causa a esta pergunta, responderam: ´As multidões te apertam´. Jesus sabia, mas os outros não, que fora a mente mortal, não a matéria, que o tocara em busca de auxílio. Quando repetiu a pergunta, respondeu-lhe a fé sincera de uma mulher doente ”.
CS20 (p. 259) “A natureza divina teve sua melhor expressão em Cristo Jesus, o qual lançou sobre mortais um reflexo mais nítido de Deus e elevou a vida deles a um nível mais alto do que lhes permitiam seus pobres modelos de pensamentos - pensamentos que apresentavam um homem expulso da graça divina, doente, pecador e moribundo. A compreensão como a de Cristo a respeito do existir científico e da cura divina inclui o Princípio perfeito e a ideia perfeita – Deus perfeito e o homem perfeito - como base do pensamento e da demonstração”.

Essa querida senhora sofreu por 12 anos, mas não desistiu. Como eu sei disso, bem, quando ela ouviu que Jesus estava na cidade, ela teve fé suficiente para sair e tentar vê-lo. Todas as leis da igreja daquele tempo a proibiam de sair em público, mas ela o fez. Ela ainda tinha esperança de encontrar cura, e conseguiu. E Jesus reconheceu que tinha sido sua fé.
Nos últimos anos, tive um desafio com um dos meus pés e com o que parecia ser o meu tendão de Aquiles. Meu pé estava ferido, talvez quebrado por ter carregado uma máquina de lavar louça. Realmente não sabia o que estava de errado com o meu tendão. Mas subir escadas, correr ou andar rápido era difícil. Continuei a orar, como falei, por alguns anos. E então, pouco antes de nossa viagem à Nova Zelândia, que envolveria muita caminhada nos aeroportos e nas viagens, tudo ficou bem. Simplesmente tudo na viagem foi cumprido. Estou tão feliz tanto como aquela mulher do tempo de Jesus e eu no meu tempo ficamos juntos até estarmos prontos para tocar o Cristo!



Seção 5: Você é infinitamente capaz!
Quando decides tirar as mãos e refletir a Mente única que é seu Pai-Mae, seu sucesso é garantido. Provérbios é conhecido como o livro da sabedoria eterna por uma razão. E uma parte do livro, talvez capítulos 1-29 são atribuídos a Salomão. E algo que vejo como especial é o fato de que Salomão é o filho do Rei David e Bate-Seba. Conforme lemos antes na Lição, o relacionamento de David e Bate-Seba começou em circunstâncias um tanto obscuras. Poderíamos dizer que nada de bom viria de tal aliança. Mas para mim é um exemplo de que até mesmo os piores erros, ou mal-julgamentos, ou o simples pecado podem ser redimidos com um coração contrito e arrependimento sincero. E os resultados do pecado que é elevado no pensamento a arrependimento, podem abençoar o mundo. Salomão foi mesmo uma benção para o mundo e não foi amaldiçoado. Existe esperança para todos nós quando erramos o alvo. Conforme nosso Mestre nos disse, ele veio para salvar o mundo e não existe nenhum de nós que não cometeu erros de algum jeito. Bom saber que ainda tem esperança para nós, certo?
Conforme Salomão divide conosco essa sabedoria infinita:
B20 (Provérbios 22:29) “Vês a um homem perito na sua obra? Perante reis será posto; não entre a plebe”.
B21 (Provérbios 14:1) “A mulher sábia edifica a sua casa [...]”.
B22 (Provérbios 31:18,26) “Ela percebe que o seu ganho é bom; a sua lâmpada não se apaga de noite. Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua [...]”.

Mary Baker Eddy escreveu:
CS26 (p. 128) “O termo Ciência, bem compreendido, refere-se unicamente às leis de Deus e ao Seu governo do universo, que inclui o homem. Segue-se daí que homens de negócios e homens de grande cultura constatam que a Ciência Cristã lhes aumenta a resistência e os poderes mentais, lhes amplia a percepção do caráter, lhes dá argúcia e compreensão mais abrangente e a habilidade de exceder suas capacidades normais. A mente humana, imbuída dessa compreensão espiritual, torna-se mais elástica, é capaz de maior resistência, desprende-se um tanto de si mesma e requer menos repouso. Um conhecimento da Ciência do existir desenvolve as faculdades e possibilidades latentes do homem. Estende a atmosfera do pensamento, dando aos mortais acesso a níveis mais amplos e mais elevados. Esse conhecimento eleva o pensador a seu ambiente natural de discernimento e perspicácia”.
Essa perspicácia que é exibida num individuo, indiferente do sexo, é claramente ilustrada vida de Mary Baker Eddy. Como a Descobridora, Fundadora e Líder do movimento da Ciência Cristã, ela ascendeu de uma fase de quase não ter nem um centavo em 1866 quando seu marido Daniel Patterson a abandonou, até ativos de mais de 1 milhão de dólares de 1907, equivalente a cerca de 25 milhões de dólares nos dias de hoje. Ela sabia como economizar e investir. Ela preferia títulos de dívida ao invés de ações. Ela era cautelosa ao investir e aconselhava seus alunos a fazer o mesmo. Ela continuou a escrever cheques de suas contas. As vezes ela agiu decisivamente contra o conselho de conselheiros do sexo masculino. Como por exemplo quando ela fechou a Colégio Metafísico de Massachussetts no auge da sua popularidade.
Em um artigo não publicado, escrito em 1892, sobre o tópico da fé em Deus vs. fé na matéria, Mary Baker Eddy escreveu sobre moedas, riqueza, organização material, e gestão de negócios. Ela observou que “o homem de negócios mais esperto não é cientificamente um homem de negócios seguro. Ele não é mais esperto que Deus mas se julga mas esperto e está bem inconsciente desse pensamento”. Ela explicou que esforços baseados em “maneiras e jeitos materiais … são fracos, vacilantes, temporais, sujeitos a divisões, facções, feudos e todo o etc dos fenômenos mortais e materiais.” Ela se referiu ao “Cientista Cristão modelo” como o mais afiado, certo, homem/mulher de negócios de maior sucesso que o planeta poderia ter”. Ela concluiu com a seguinte pergunta: “Cientistas Cristãos, qual é o seu modelo? Qual é o seu homem de negócios modelo? O verdadeiro Cientista que semeia igual a Deus que semeia na Mente e faz colheita na Mente? Ou é aquele que começa com economia política, planos humanos, especulações jurídicas e termina com as mesmas, de pó a pó?
https://www.marybakereddylibrary.org/research/eddys-approach-business/

Seção 6: Que o masculino e feminino da Criação de Deus apareça
Sim, claro que Deus será nosso Pai. Ele quer esse emprego. Ele já está fazendo esse trabalho. É o trabalho Dele. Deixe-O entrar.
Paulo escreveu em B25 (2Coríntios 6:16,17,18) “Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo [...] e eu vos receberei, […] serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso”.
Minha querida Tia Dolores geralmente dividia comigo um conceito, simplesmente dizendo: “Está operante com precisão divina a coordenação de Deus sobre eventos remotos. (ou “A coordenação de Deus sobre eventos remotos está operante com precisão divina”.)
Quando Noah, Johann e eu estávamos na Nova Zelândia para uma reunião de Associação fomos recebidos com muito amor e graça não somente pelos Cientistas Cristãos mas também por todos da comunidade Maori e o público em geral. Nosso Pai-Mãe estava realmente em ação.
Portanto recebi com muita alegria a seguinte mensagem de nosso irmão da Nova Zelândia, Glen Lauder. Ele escreveu na 6a feira:
“Um dos amigos que não pôde vir ao jantar na casa de Denise em Wellington, foi a Ann. Eu e ela tivemos uma longa conversa anteontem. Isso abriu para que ela se tornasse membro da nossa igreja e procurasse fazer a instrução de classe. Durante aquele telefonema, minha amiga da escola dominical me mandou um SMS da Sicília. Ela estava desesperadamente tentando contatar seu irmão perdido Alex, que havia sumido pelo menos 10 anos atrás. Kate tinha tido um insight que a Ann - com quem eu estava falando, poderia ajudar com esse assunto. Kate ouviu falar que um dos filhos de Ann poderia ter visto o Alex, mas ela não sabia onde a Ann morava ou como contatá-la. Kate conseguiu ligar para a Ann imediatamente após nossa ligação, e na manhã seguinte a Ann ligou para seu filho em Londres que disse que ela tinha visto o Alex um mês atrás e era amigo dele. Ann ligou para Kate para contar isso. Kate se emocionou muito ao saber que seu irmão estava vivo e bem!”
Existe algo tão especial sobre essa precisão divina quando deixamos o Pai coordenar todas coisas em nossa vida.
Uma de nossas aventuras em Wellington, Nova Zelândia foi subir ao pico do Monte Victoria de bicicletas elétricas. Quando estávamos quase no topo, tentei parar em um local que era tão íngreme que mesmo com os freios acionados, a bicicleta escorregava pra baixo. Naquele momento, enquanto não conseguia parar ou descer acabei simplesmente caindo para lado. Foi uma surpresa e tanto, mas também confortável pois acabei simplesmente deitando de lado na calçada apoiado pelo capacete e minha mochila. No momento que minha queda começou, mal sabia eu nosso amigo Glen Lauder tinha acabado de chegar de carro a tempo de me ver caindo. Foi como um posicionamento coordenado de anjos, Glen ali para orar, e os anjos que simplesmente amorteceram minha queda ao solo. Nada de ferimentos ou problemas. Então continuamos nossa subida ao topo do Monte Victoria.
Como filhos do nosso amável Pai, o Deus vivo, nada é impossível ou está além do Seu alcance cuidadoso. Disso nós podemos estar certos!


______________
A equipe de tradução para o português é composta por Ana Paula Wagner, Ovídio Trentini e William Trentini. Visite o site Associação dos Alunos de Ciência Cristã do Professor Orlando Trentini, CSB. Ali você encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, podendo baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.
Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB.
Os Cedros são um suplemento para a LB. O estudo em inglês será publicado na 2a. feira no link http://www.cedarscamps.org/metaphysical.


<< Envie este Artigo para um Amigo >>


+ Artigos...

» Certifique-se do que É, e perca de vista o que não é! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Matéria.
» Siga seu coração para achar seu tesouro. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Substância.
» Como podemos curar ao modo de Jesus Cristo? Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: Cristo Jesus.
» Liberte-se do medo e seja livre … Responda à Mente! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Mente.
» Mude sua perspectiva e encontre a paz. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Alma.

Voltar Topo Home
© 2007-2019 - Associação dos Alunos de Ciência Cristã do Professor Orlando Trentini, CSB - Todos os direitos reservados.