Ciência e Saúde para todos.
Colha aqui a Cura Cristã!
O símbolo da Ciência Cristã
Home-Page
Ficha de Intenção - CURSO BÁSICO DE CIÊNCIA CRISTÃ
Lista de Praticistas
Contato
Links
Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019
Português Brasil
Inglês
Espanhol
 
 
 Mensagem Semanal
"Tudo o que inspira com a sabedoria, a Verdade ou o Amor -- seja um cântico, um sermão ou a Ciência [Cristã] -- abençoa a família humana com migalhas de conforto que caem da mesa de Cristo, alimentando os famintos e dando água viva aos sedentos."
"O que foi prometido será cumprido"
(Do livro Ciência e Saúde p 234 e 55)

Clique AQUI para ver o Arquivo de Mensagens.

 
Login
Senha
Associação
Privativo Alunos
ARTIGOS PUBLICADOS
A- A+
Aprecie expressar a alegria e a dádiva da vida eterna hoje mesmo! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Vida.

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

Aprecie expressar a alegria e a dádiva da vida eterna hoje mesmo!

15 a 21 de julho de 2019

Tema: A VIDA

Estudo preparado por:
Kathy Fitzer, CS
__________________________________________________
Abreviações: Bíblia JFA Revista e Atualizada – B; Bíblia na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
Bíblia A Mensagem - MSG; Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS ou C&S; Lição Bíblica – LB
__________________________________________________

Introdução
Vamos explorar a dádiva da Vida eterna que Deus nos deu. Deus revela nossa individualidade spiritual acima da matéria e da limitação, e essa vida foi demonstrada por Cristo Jesus.
Texto Áureo (Salmos 36:5,9: “A tua benignidade, Senhor, chega até aos céus, até as nuvens, a tua fidelidade … em ti está o manancial da vida; na tua luz, vemos a luz.”)
“Teu amor infalível…” que bela tradução deste Salmo temos aqui na Nova Tradução da Bíblia (NLT, inglês). O termo “amor infalível” vem da palavra hebraica ‘hesed’, que se repete várias vezes no Antigo Testamento, particularmente nos Salmos, e vale como assinatura para descrever o amor que Deus tem por nós. É muitas vezes traduzida como benignidade ou amor firme. É um amor duradouro. Não é só amor, mas compromisso de amor que Deus tem para conosco. O amor infalível de Deus que sempre nos abraça, nos cuida, nos eleva e nos ajuda a ver quem realmente somos.
Leitura Alternada (1 João 1:1-5; 2:10,17,24,25)
É uma bela introdução ao livro de 1 João—a gente pode sentir o entusiasmo e alegria com os quais os discípulos transbordavam ao compartilhar as boas novas. “O que temos visto—do que somos testemunhas oculares—vos anunciamos!” Vimos esse Verbo da vida em ação! Nós o sentimos! A alegria deles encandece um sentimento em nosso coração em compartilhar as boas novas. Eles escreveram a suas comunidades e pessoas de todos os tempos para participarmos alegremente dessa Palavra da vida.
Deus é luz, e nele não há treva nenhuma! Nenhum pensamento obscuro, nenhuma doença, nenhuma preocupação sobre o futuro. Somente alegria, harmonia, liberdade e infinita bondade!

Seção 1
Esses Salmos certamente inspiram alegria, esperança e coragem! Temos o direito de sermos livres de medo! Temos domínio e coragem e força. Como Paulo diz em Romanos 8 … nada pode nos separar do amor de Deus (nada do presente, nem coisas do futuro etc.). Ele estava confiante e seguro de seu relacionamento—sua unidade com Deus—e com o Cristo.
O Salmos 27 (B3) nos dá um senso real de satisfação. Podemos estar absolutamente satisfeitos por morar na casa –a consciência—de Deus por todos os dias de nossa vida. É aí que vemos a beleza do Senhor! Não que tenhamos uma casa material bonita ou perfeita. É por meio dessas perspectivas inspiradas que nos vêm de Deus, onde sentimos e sabemos da presença de Deus conosco. Assim levamos nosso verdadeiro lar, nossa consciência, onde que formos! Em assim agindo estaremos fundados na rocha. Temos uma consciência que não pode ser movida! (B4, Salmos 16:8).
Acho interessante como o Salmos 42 (B2) fala a respeito de ter sede por Deus, o que também vemos numa das beatitudes de Jesus: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça…” O Salmos 16 (B4) indica para pormos sempre Deus à nossa direita para não sermos abalados, o que nos remete à casa edificada sobre a rocha: “…caiu a chuva, transbordaram os rios e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu.” (Mat. 7:25). Pode-se ver como Jesus buscava nos Salmos material para seus ensinamentos.
Gosto de ver como a citação CS2 (p. 330) é tão inclusiva com a palavra universo! Ela ressalta uma perspectiva ecológica de que Deus é a única inteligência em toda a terra—homem, planetas, árvores, animais, insetos, todos coexistindo em perfeita harmonia! É uma maravilhosa leitura perceber que esse universo é governado em completa e perfeita ordem e proteção. Certamente essa é a visão com que Deus vê e toma conhecimento. Essa realidade cresce em nossa consciência: “quando subordinamos o falso testemunho dos sentidos corpóreos aos fatos da Ciência, vemos essa verdadeira semelhança e reflexo em toda parte” (CS6, p. 516). Deus é a vida de nossas árvores, borboletas, gatos, amigos e família! E essa vida é alegre, espontânea, criativa, saudável e radiante! Não é chata nem maçante!
MBEddy dá com brilhantismo o sinônimo com a afirmação: “A Vida é Deus” (CS4, p. 200). Logicamente a Bíblia também nos diz que Deus é nossa vida, de onde foi derivado o sinônimo para Deus. “…pois disto depende a tua vida e tua longevidade” (Deuteronômio 30:20). É magnifico, reconfortante e uma poderosa oração saber e afirmar que Deus é nossa vida! Todos nós temos a mesma fonte de vida!

Seção 2:
Quem é Melquisedeque, mencionado em Hebreus? Tive que pesquisar e, eis o que encontrei. Melquisedeque é previamente citado em Gênesis 14, Salmos 110 e depois em Hebreus. Não há registro sobre sua mãe e seu pai; vê-se que ele representa algo como um sacerdócio divinamente ordenado. Isso parece apontar para a filiação eterna que Cristo Jesus representa.
Dummelow escreve: “A essa altura o argumento se resume a uma discussão do sacerdócio de Cristo em comparação ao sacerdócio levítico, o qual é desenvolvido como o tema dominante na epístola… Em seus títulos elevados e como único do sacerdócio real, independente da descendência sacerdotal como é o caso do sacerdócio levítico, ele (Melquisedeque) é como o Cristo. Ele deve ser reconhecido acima dos sacerdotes levíticos porque tomou dízimos—o privilégio legal dos sacerdotes—de um personagem nada menos do que seu ancestral Abraão. A conclusão indicada por tudo isso é que, sendo Melquisedeque tão superior à ordem sacerdotal levítica, o Cristo, que é da ordem de Melquisedeque, também deve ser superior em seu sacerdócio” (Volume 1 do Comentário Bíblico, p. 1014-1015).
Uma coisa que fica clara nesta seção é a natureza eterna e atemporal do Cristo. Uma das coisas favoritas para mim na Ciência Cristã é a distinção entre os termos “Cristo” e Jesus. De fato, a palavra Cristo é muitas vezes empregada como sinônimo de Jesus, mas a CC mostra que Cristo tem um significado diferente. Encontramos a explicação plena na plataforma da CC à página 232 e de Ciência e Saúde:
“…Jesus nasceu de Maria. O Cristo é a ideia verdadeira que proclama o bem, a mensagem divina de Deus aos homens, a qual fala à consciência humana. O Cristo é incorpóreo, espiritual—sim, é a imagem e semelhança divina, que dissipa as ilusões dos sentidos; é o Caminho, a Verdade e a Vida, que cura os doentes e expulsa os demônios, que destrói o pecado, a doença e a morte” (CeS, p. 332).
A citação CS8 mostra que o Cristo sempre existiu e sempre existirá, e mostra que o poder do Cristo, o reflexo de Deus, está aqui para todos em todo o tempo. Às vezes o termo Cristo é usado alternadamente com Espírito Santo como no exemplo a seguir:
“Mantém perpetuamente este pensamento—de que é a ideia espiritual, o Espírito Santo e o Cristo, que te habilita a demonstrar, com certeza científica, a regra da cura baseada em seu Princípio divino, o Amor, que está por baixo, por cima e em volta de todo o verdadeiro existir” (CeS, 496:15).
Nisso temos uma grande ponte de comunicação com nossos pares cristãos, que também partilhamos da compreensão de que o Espírito Santo está aqui para salvar e curar!

Seção 3
Unidade! Gosto da revelação de unidade que MBEddy derivou das Escrituras. É tão forte saber que todos somos um com Deus! Nada de separação! Nem por um Segundo ou um momento! Você já reparou que cada mentira falsa e material que nos é apresentada sempre sugere que estamos separados de Deus? Unidade (união) é uma boa maneira de refutar essa mentira e declarar: “Não! Nós somos eternamente unidos a Deus e Seu Cristo, agora mesmo!”
Cada um de nós é essa gota de água/esse raio de luz (um com o oceano/sol). Assim o raio de luz não pode ser isolado do sol, assim refletimos a eterna unidade com Deus. Sentimos o calor e a energia do sol por meio de seus raios! Assim podemos sentir o calor, a bondade, ternura, generosidade, cuidado, alegria, felicidade e amor de Deus por meio de todos nós! Vivemos, nos movemos e temos nosso ser no Espírito divino, sempre sãos e salvos. A matéria nunca tem nada a ver com nossa real identidade! Somos ilimitados!
“Minhas ovelhas ouvem a minha voz…” (B11, João 10). Que grande ideia para nossos filhos e campistas saberem. Todos nós temos a Palavra de Deus em nós, falando conosco! Deus nos fez capazes de ouvir Sua voz.

Seção 4
Gosto de como esta seção nos dá instruções sobre como viver. Sabemos de seções prévias que tudo é Espírito e espiritual; assim como vivemos nessa linha? Somos harmoniosos e eternos porque somos controlados pela inteligência divina. Somos obedientes ao Cristo, porque não temos outra coisa a fazer! (CS21, p. 184).
Gosto de como as passagens de MBEddy nesta seção trazem uma bela luz espiritual à parábola de Jesus. Ele estava muito adiante de sua época ao ensinar que o céu e o inferno são estados e estágios de consciência humana que podem ser vivenciados aqui e agora. Seria útil checar as definições de céu e inferno no Glossário do Ciência e Saúde.
Fazemos o bem e vivemos nossa bondade provinda de Deus porque é para isso que fomos criados. E ter a mente voltada para coisas espirituais nos traz vida e paz (B16, Gál. 6:7,8). Por que iríamos querer outra coisa? É algo incoerente a nós como seres espirituais crer que pudéssemos querer ou desejar qualquer coisa que não fosse correta ou boa para possuirmos. Nada contrário a Deus pode dar-nos qualquer satisfação ou paz. Estamos satisfeitos porque temos a mente do Cristo, e essa Mente nos habilita a amar o próximo e vencer qualquer falso senso. Somos amados agora mesmo!

Seção 5
Amo a cura na citação B18 com Pedro e Tabita porque nos mostra o crescimento espiritual de Pedro como um discípulo. Vocês lembram quando Jesus foi curar a filha de Jairo (Marcos 5:21-43)? Quem ele permitiu ir com ele para ver aquela cura? Pedro, Tiago, Joao e os pais foram permitidos estar lá. O que ele queria que Pedro visse e testemunhasse? A Vida eterna e que não existe outro poder. Pedro pode ver de primeira mão como Jesus curava. O que Jesus fez e disse? Jesus colocou todos eles para fora e disse “levante-se”! E o que Pedro fez e disse nessa cura? Ele colocou todos para fora e disse “levante-se”! Então temos um momento lindo aqui onde o discípulo aprendeu do mestre e seguiu seu exemplo. Ele tinha tanta confiança no poder de Deus quando ele foi à casa da Tabita porque ele já tinha visto as curas de Jesus.
O presente de Deus é a Vida eterna! Estive numa maravilhosa palestra do John Quincy Adams, onde ele usou um bambolê e um balde como objetos. Vocês viram essa? Ele colocou o bambolê dentro do balde até o limite. Então ele nos mostrou que a imagem e semelhança de Deus é o ciclo todo do bambolê, e nossa experiencia humana era representada pela parte que estava dentro do balde. Isto ilustrava como um tratamento da Ciência Cristã funciona e a distinção entre o homem de Deus perfeito e espiritual e a experiencia humana. Que presente esse entendimento realmente é! Tudo que Deus fez é espiritual, perfeito, e com uma linda e eterna individualidade. Vocês podem ver essa palestra aqui (está no ponto do bambolê): https://youtu.be/YnNd1BAYsws?t=1500

Seção 6
Completamente separada da crença e sonho da vida material, está a Vida divina… (S30, p. 14). Isto significa que você, seu ser e identidade são completamente separados da matéria e do erro! O sonho material nunca toca o verdadeiro você! Então você é a identidade perfeita e plena de Deus agora mesmo! Você nunca pode ser algo diferente disso!
Segue mais uma metáfora: um filme mostrado na tela da TV nunca muda verdadeiramente a tela da TV. Não importa se é um filme de comedia, romântico, um documentário de guerra etc. Não importa o tipo de filme sendo mostrado na tela - o filme nunca muda a TV!
Semelhantemente, um sonho material nunca toca ou muda o verdadeiro você. Você é a ideia espiritual de Deus, perfeita, sem defeitos, e completa. Da mesma forma que vimos com o exemplo do bambolê na seção 5.
É o Cristo - a filiação eterna - que Jesus incorporou e mostrou para nós que conclui essa lição. Jesus nos mostrou uma identidade completamente acima e além da matéria. Ele demonstrou essa individualidade através do seu nascimento virginal, ressurreição e ascensão. E isso tudo é porque Deus quer que saibamos que isso tudo é real e verdadeiro sobre nós também!
______________
A equipe de tradução para o português é composta por Ana Paula Wagner, Ovídio Trentini e William Trentini.. Visite o site Associação dos Alunos de Ciência Cristã do Professor Orlando Trentini, CSB. Ali você encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, podendo baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.
Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB.
Os Cedros são um suplemento para a LB. O estudo em inglês será publicado na 2a. feira no link http://www.cedarscamps.org/metaphysical.



+ Artigos...

» Saibam que a Mente única e toda sapiente vos ensinará e suprirá tudo o que precisardes! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Mente.
» Apoiem-se no “infinito sustentador” [da Alma] para um dia “cheio de bênçãos”. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Alma.
» Convidem o Espírito para fazer novas todas as coisas. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: O Espírito.
» Amém, amém o AMOR!!! “…pois o amor é de Deus” — “Nós somos de Deus” --- O homem é… “do Amor”. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: O Amor.
» Ouçam e respondam à voz de Deus que fala Sua Palavra de Verdade libertadora! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Verdade.

Voltar Topo Home
© 2007-2019 - Associação dos Alunos de Ciência Cristã do Professor Orlando Trentini, CSB - Todos os direitos reservados.