Ciência e Saúde para todos.
Colha aqui a Cura Cristã!
O símbolo da Ciência Cristã
Home-Page
Ficha de Intenção - CURSO BÁSICO DE CIÊNCIA CRISTÃ
Lista de Praticistas
Contato
Links
Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
Português Brasil
Inglês
Espanhol
 
 
 Mensagem Semanal
"Tudo o que inspira com a sabedoria, a Verdade ou o Amor -- seja um cântico, um sermão ou a Ciência [Cristã] -- abençoa a família humana com migalhas de conforto que caem da mesa de Cristo, alimentando os famintos e dando água viva aos sedentos."
"O que foi prometido será cumprido"
(Do livro Ciência e Saúde p 234 e 55)

Clique AQUI para ver o Arquivo de Mensagens.

 
Login
Senha
Associação
Privativo Alunos
ARTIGOS PUBLICADOS
A- A+
LIÇÕES SOBRE COMO RECONHECER E VENCER O ERRO

A Mãe nos explicou qual era o ímpeto do erro, e sua explicação sobre a tolerância ao erro foi bastante assustadora. Ela nos mostrou que, se deixássemos de fazer nosso dever e fizéssemos o que era errado, sem detectar, corrigir e ou vencer o erro, mas continuássemos repetindo as mesmas coisas erradas e nos justificando, o sofrimento que resultaria disso seriam juros simples, que teríamos de pagar. Assim, se os Cientistas Cristãos se recusassem a ver o erro quando ele fosse mostrado e, de forma voluntária ou intencionalmente maldosa continuassem a repeti-lo, permitindo que seus pensamentos fossem governados pelo ódio, maldade intencional, inveja, ou qualquer um desses conspiradores sutis, isso resultaria em idiotia moral e geraria juros compostos. E então haveria a experiência do inferno. Depois disso, ela escreveu a carta à igreja em Concord [que está publicada] nas páginas 159 a 163 de Miscellany.
Outra lição que a Mãe nos deu refere-se à justificação própria. Ela disse:
A qualquer momento, se cometemos uma falta e não percebemos que se trata de uma falta, e nos é mostrado que trata-se de uma falta, e somos repreendidos por causa dessa falta, e [ainda assim] nos justificamos pelo que fizemos, isso significa que estamos tomando o partido do erro, e é uma prova de que estamos sendo governados pelo erro. Mas se, quando o erro em nós é descoberto, percebemos nossa falta, aceitamos a repreensão e condenamos o erro em nós mesmos ou em outra pessoa, então somos governados pela Verdade, e nos elevamos e eliminamos o erro, e nossa mente fica mais voltada para as coisas do Espírito. Conseguimos avançar um passo na Ciência Cristã.
Outra lição que ela nos deu foi tirada do livro de Ezequiel [36:26], onde lemos: “Tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne.” Ela nos mostrou que um coração de pedra era um coração endurecido pelo materialismo e sem piedade, em que faltavam amor e compaixão. Esse era um coração de pedra e precisamos nos voltar para Deus para obtermos libertação e orar para que Ele tire esse coração e nos dê um coração de carne, que é um coração terno e amoroso, altruísta, cheio de piedade, ternura e compaixão - esse
é um coração de amor, que percebe a necessidade do outro e a supre com o amor que é divino.
A Sra. Eddy convidou os alunos de sua Associação para visitá-la em Pleasant View. Os aposentos da casa ficaram cheios de alunos e ela lhes deu uma lição gloriosa. Ela percebeu que o erro sutilmente estava tentando, por meio da sugestão mental, alcançar o pensamento de seus alunos e de outros Cientistas Cristãos, e ela percebeu como era necessário abrir seus olhos para o que estava sendo feito, e uma das coisas cuja importância ela queria enfatizar a eles era a necessidade de estudar Ciência e Saúde diariamente e de capa a capa, e apoiar-se firmemente na verdade contida nesse livro. Ela disse que os inimigos da Ciência Cristã estudavam Ciência e Saúde e extraíam alguns trechos dele para tentar revertê-los no pensamento dos alunos. Uma sugestão era que em Ciência e Saúde aprendemos que há apenas uma Mente, e que o homem é governado por essa Mente e a reflete. Esse trecho era estudado pelos que faziam a má prática, que argumentavam com os Cientistas Cristãos dessa forma:
“Você é Mente?” Resposta: “Não!”
“Você é matéria?” Resposta: “Não!”
“Então o que você é?” “Nada”,
porque você não tem uma mente!”
Ela nos disse que esses argumentos visavam a produzir nas mentes e no caráter dos Cientistas Cristãos insanidade, demência, imbecilidade e idiotia moral, e precisamos vigiar nossos pensamentos e afirmar constantemente: “Eu tenho uma mente e essa mente é divina.” Enquanto nossos pensamentos estiverem sobre uma base divina, e estivermos entretendo pensamentos espirituais, não poderemos ser privados dos nossos pensamentos e eles não poderão ser adulterados pelo erro ou pela sugestão mental.

Tradução por parte da Diretoria da Associação.

24/09/2019


+ Artigos...

» Não se deixe enganar. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: São reais o pecado a doença e a morte?
» Aprenda a discernir entre o real e o irreal. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Irrealidade.
» Coloque as lentes da Ciência Cristã para ver a realidade! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Realidade.
» Mostre que o ídolo da matéria não existe. Apoie-se em Deus, Espírito, como TODOS! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Matéria.
» Vede Deus em meio a vós. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Substância.

Voltar Topo Home
© 2007-2019 - Associação dos Alunos de Ciência Cristã do Professor Orlando Trentini, CSB - Todos os direitos reservados.